JAPAN – CAPSULE HOTEL EXPERIENCE

The capsule hotel is one of many eccentric things you will find in Japan – and therefore I had to try it.
O hotel cápsula é uma das muitas coisas excêntricas que você vai encontrar no Japão – e, portanto, eu tinha que tentar.3

I first landed in Osaka and had the first night in the city in my ‘box’ at the Asahi Plaza Capsule Hotel.

A capsule hotel in Japan is composed by a multitude of small boxed, retangular spaces positioned side by side and two units high. Inside of it will be a simple mattress and a small TV. It was designed to provide a quick, cheap and basic accommodation option for business travellers and for those who have missed the last train.

We carefully chose this hotel as It had a private area designated for female guests. First, we checked in and were given a password (used exclusively for the female area) then were given a key to a locker. But as you may know me by now, I don’t travel light. Each of us had 2 luggages and had to leave one of them at the lobby and bring the second one up to put inside of our personal locker – This will only fit a hand luggage!

At first glance we felt overwhelmed by how many capsules we were surrounded by, the room looked rather intimidating and bland; on the other hand it appeared rather inviting, in a mysterious ‘futuristic’ kind of way. We realised there were no doors, just a material sliding shutter and all we could think was “We hope nobody around us snores!” haha.

We then went to take a shower.. And were surprised by a typical Japanese shared bathroom. It consists of two rooms, an entrance room where you (and everyone else) undress and which is equipped with a sink, and the actual bathroom which is equipped with a shower and a deep bath tub. The toilet was located in an entirely separate room and was private, haha!

We then learned that when bathing Japanese style, you are supposed to first rinse your body outside the bath tub with the shower or a washbowl. Afterwards, you enter the tub, which is used for soaking only. The bath water tends to be relatively hot, typically between 40 and 43 degrees that makes your whole body relax. After soaking, leave the tub and clean your body with soap. Once you finished cleaning and have rinsed all the soap off your body, enter the bath tub once more for a final soaking. At first it was very awkward as we were sharing the common bathroom and tub with strangers, but after a while you get accustomed to it! After all we experienced this almost every night we stayed in Japan.

Overall it was an amazing experience, it was comfortable and spacious, clean and cosy and not at all as claustrophobic as I thought it would be. For me, it is a true Japanese experience – quirky, different and something you don’t get to try anywhere else in the world! Definitely a MUST!

Eu desembarquei pela primeira vez em Osaka e teve a primeira noite na cidade, na cápsula do hotel Asahi Plaza Hotel.

Um hotel-cápsula no Japão é composto por uma multidão de pequenos espaços delimitados, retangulares, posicionados lado a lado e duas unidades de altura. Dentro da cápsula você encontra um colchão simples e uma pequena TV. Esse tipo de hotel foi projetado para fornecer uma opção de alojamento rápido, barato e básico para viajantes a negócios e para aqueles que perderam o último trem do dia.

Nós cuidadosamente escolhemos este hotel pois ele tinha uma área privada designada para clientes do sexo feminino, normalmente por seus clientes serem na maioria homens, eles não recebem mulheres.

Primeiro, nós fizemos o check-in e então a senha foi nos dada para se usada exclusivamente para a área do sexo feminino, em seguida, foi dada uma chave para um cofre no qual poderíamos guardar uma mala. Mas, como você ja deve me conhecer, eu não viajo com poucas malas. Cada uma de nós tinhamos 2 malas e tivemos que deixar uma delas na portaria do hotel e trazer a mala de mão para colocar dentro do nosso armário pessoal.

À primeira vista, me senti completamente perdida ao ver quantas cápsulas nos cercavam, o quarto parecia um pouco intimidante e sem graça; Por outro lado nos sentimos animadas para testar essa acomodação com um ar futurístico.. Percebemos que não haviam portas, apenas uma cortina deslizante e tudo o que podíamos pensar era “Esperamos que ninguém ronque!” haha.

Fomos então para tomar um banho .. E fomos surpreendidas por um banheiro típico japonês que normalmente é constituído por dois quartos, uma sala de entrada, onde você (e todas as outras mulheres) tiram a roupa e que é equipado com uma pia, o outro quarto é  equipado com um chuveiro e uma banheira profunda. O vaso sanitário estava localizado em uma sala separada e pelo menos este, é privado, haha!

Nós, então, aprendemos que quando tomamos banho no estilo japonês, você é suposto a primeiramente lavar o corpo fora da banheira com o chuveiro ou uma bacia. Depois, você entra na banheira, que é usada somente para imersão. A banheira tende a ser relativamente quente, normalmente entre 40 e 43 graus que faz com que todo o seu corpo relaxe. Após a imersão, sai-se da banheira e limpa-se o corpo com sabão e uma toalha pequena. Uma vez que você terminou de se limpar tira-se o sabão do corpo com o chuveiro e entra-se na banheira mais uma vez para uma imersão final.

No começo foi bem estranho ter que compartilhar o banheiro, chuveiros e a banheira com outras mulheres desconhecidas, mas depois de um tempo você se acostuma! Acabamos até gostando do sistema.

No geral foi uma experiência incrível, foi até que mais confortável confortável e espaçoso do que imaginei, limpo e acolhedor, e não foi tão claustrofóbico como eu pensei que seria. Para mim, é uma verdadeira experiência japonesa – peculiar, diferente e algo que você não vai experimentar em qualquer outro lugar do mundo! Se tiver a oportunidade, deve experimentar!!

6
Osaka at night
4
Our first meal in Osaka, Ramen.
5
Dressing area
7
Inside of the Capsule
2
The “rooms”
1
Upon arrival at the train station with Laiz

1 Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *